Diretor de Predadores fala sobre cameo de Arnold Schwarzenegger, cena falsa do trailer e mais!

Nimród Antal Predadores

Em março de 2019 o site HN Entertainment entrevistou Nimród Antal, o diretor de Predadores. Na entrevista ele falou sobre vários assuntos como o trabalho com Robert Rodriguez, as tentativas de incluir o personagem Dutch de Arnold Schwarzenegger no filme, a escolha de trabalhar com três Predadores e mais.

Você pode conferir a entrevista completa aqui ou a versão traduzida logo abaixo.

Nimród Antal fala sobre Predadores

HN: Tenho várias perguntas sobre sua colaboração em Predadores porque é um filme que eu amo, na verdade sou um grande fã dos universos Alien e Predador em geral. Primeiramente, eu queria perguntar como isso aconteceu com você?

ANTAL: “Eu fui abordado, eles me perguntaram se estava interessado em ter meu nome em uma lista de potenciais diretores para o mais novo filme do Predador. Eu tinha o pôster na minha parede quando criança, o pôster original do filme de [Arnold] Schwarzenegger. Eu era um grande fã do filme original. Me lembro de onde assisti, quantas vezes vi quando estava nos cinemas, então obviamente ele teve uma grande influência em mim.”

“Eles haviam mencionado que Robert Rodriguez estaria produzindo e, para mim, o que ele havia conseguido com El Mariachi no começo de sua carreira era algo que eu estava tentando alcançar com o meu primeiro filme, Kontroll. Ele sempre foi uma inspiração. Eu estava super empolgado com a oportunidade. Então meu nome entrou na lista, houve reuniões com executivos da Fox e lá acabei encontrando com Robert e tive a sorte de conseguir o trabalho.”

Nimród Antal e Robert Rodriguez em Predadores

“Ele tinha uma equipe de pessoas prontas para ir ao Troublemaker Studios [em Austin, Texas]. No que diz respeito a uma equipe, ele tinha diversas pessoas realmente talentosas. Eu levei meu diretor de fotografia [Gyula Pados].”

“Havia dois roteiristas que fizeram um rascunho baseado no de Robert, Michael Finch e Alex Litvak. Fomos encarregados de fazer outro rascunho com base no que eles já haviam feito baseado no rascunho do roteiro original de Robert. Me envolvi, basicamente, na terceira iteração e pegamos alguns dos elementos-chave da Caça, o próprio planeta e a caçada sendo trazida para o planeta. Nós trouxemos todos esses elementos para o nosso rascunho e então tentamos pegar algumas ideias boas que estavam em rascunhos anteriores e apenas tentamos simplificá-las. Eu realmente tentei abraçar a cultura da caça, de falcoeiros a cães sendo usados para desde ataques até criação de armadilhas. Nós estávamos tentando colocar o máximo de aspectos da cultura de caça que pudéssemos na história.”

“Como eu disse, quando cheguei ao Texas, Robert tinha uma ótima equipe pronta para partir, designers de produção, muitos artistas de VFX. Nós continuamos escalando o time. Adrian Brody havia nos abordado porque ele também era um grande fã da franquia, ele gostava muito da ideia de fazer um filme do Predador. Eu tive a sorte de ter um monte de pessoas talentosas, de Mahershala Ali até Walton Goggins e Danny Trejo. [Danny Trejo] tinha sido alguém que eu tinha pedido a Robert. Robert tinha feito muitos filmes com ele naquele momento e eu fiquei tipo ‘cara, eu adoraria ter Danny no filme também’. Robert e ele obviamente tinham um relacionamento que permitiu isso, então tive a oportunidade de trabalhar com Danny, o que foi incrível. Topher Grace, Alicia Braga e Louis [Ozawa Changchien], todos eles realmente trouxeram seu melhor e foi uma experiência divertida para mim. Nós filmamos no Havaí e [Austin] Texas. Comecei a trabalhar com Greg Nicotero. Eu ainda tenho as máscaras de predador do nosso filme, ou um conjunto de máscaras de predador, pelo menos, porque havia alguns conjuntos feitos para a produção, mas, sim, Nicotero me presenteou no final das filmagens.”

“Para mim, a oportunidade de trabalhar em algo assim, que tinha sido tão querido para mim quando criança, e poder trabalhar com pessoas que me inspiraram, foi uma experiência bastante modesta e algo que me traz boas recordações.”

HN: E como você mencionou, vocês tiveram um incrível elenco de pessoas que realmente não se espera que naturalmente estejam em um filme do Predador, [parece que] você buscou atores ao invés do estereótipo, o tipo musculoso de pessoas como Arnold, o que eu achei incrível.

Veja também  Nova série da Bruxa de Blair está em desenvolvimento

ANTAL: “Faríamos de tudo para ter Arnold [Schwarzenegger] no filme, adoraria ter ele de volta. É engraçado, algumas das críticas que vieram logo no início foram de que homenageamos demais ao original. O interessante é que nos esforçamos para evitar esse tipo de comentário. Uma de nossas ferramentas era o elenco e devíamos entender que, acima de tudo, Arnold Schwarzenegger é um ícone e colocar um homem em seu lugar, que é parecido psicologicamente e tão musculoso quanto ele, poderia facilmente parecer uma abordagem bem barata. Acho que estávamos nos esforçando para ir contra o que havia sido estabelecido com o elenco, porque tínhamos muita testosterona no filme. Eu acho que o filme se beneficiou de não tentarmos reinventar a roda, nós estávamos tentando permanecer fiéis ao que os dois primeiros filmes estabeleceram e ao seu universo, nós não estávamos tentando ir contra isso, porém não estávamos tentando replicar [o Predador original] contratando alguém semelhante a Arnold. Acho que o filme não teria funcionado fazendo isso.”

Elenco de Predadores

HN: Falando em Arnold Schwarzenegger, lembro-me de ter lido que havia uma participação especial dele escrita para o filme. Você contatou ele para falar sobre isso? E como foi concebido?

ANTAL: “Acredito que a produção falou com ele, que ainda era governador na época. Acho que ele ainda era governador ou estava deixando o cargo, eu não tenho certeza. Mas não deu certo por algum motivo. Nós tínhamos ele potencialmente roteirizado como o personagem de Nolan [interpretado por Laurence Fishburne] e então isso mudou. Então houve uma ideia no final de que outra gaiola seria descartada e Arnold estaria naquela gaiola. Criamos algumas iterações de como poderíamos tê-lo trabalhado na história. Teria sido incrível, sou um grande fã dele até hoje. Mas não deu certo.”

HN: Houve alguma conversa sobre trazer Danny Glover também?

ANTAL: “Sim, e eu ficaria muito feliz em trabalhar com Danny. Não me lembro quais foram as considerações sobre o motivo pelo qual não fomos até ele, mas eu adoraria tê-lo no filme.”

HN: Uma coisa que eu gostei sobre o filme é que os predadores não estavam apenas caçando humanos, havia outras criaturas e espécies alienígenas. Havia mais criaturas no filme além do River Ghost no corte final?

ANTAL: “Sim, nós tínhamos intenções disso nos rascunhos iniciais, mas pelo que me lembro, achei que estávamos perdendo o foco de nossa equipe de caça, dos nossos heróis, do elenco do filme. Acho que teríamos começado a perder o foco e acredito que é por isso que começamos a simplificar. Nós também tivemos os cães [predadores], o falcão, e alguns outros elementos dentro da história que não queríamos que ficasse muito [sem foco].”

HN: Com relação aos predadores, você introduziu essa ideia de uma Guerra de Clãs entre os super-predadores Berserker e os predadores comuns, o Clã Jungle Hunter. Você poderia falar sobre isso?

Veja também  6 Teorias sobre filmes de terror que vão mudar como você os enxerga

ANTAL: “As tribos e as guerras entre as tribos eram definitivamente algo que nos empolgou, além de ser muito parecido com a nossa própria sociedade. O pior inimigo está dentro de todos nós.”

Predadores

Antal lamenta a decisão do estúdio de não seguir uma sequência direta de Predadores, considerando que um orçamento de US$ 40 milhões acabou resultando em um total de US$ 127 milhões.

ANTAL: “Eu tive várias ideias, mas por alguma razão, infelizmente, a Fox não deu seguimento a elas. Acho que [o filme] foi relativamente bem, ele arrecadou US$ 25 milhões no fim de semana de estreia e acabou com mais de US$ 100 milhões nas bilheterias totais. Eu sei que eles ganharam dinheiro com o filme. Mas, por que eles não insistiram mais, eu não sei. Foi uma pena, porque acho que agora, em retrospecto, as pessoas estão apreciando o filme.”

“Estou orgulhoso do filme e muito honrado por ter tido a oportunidade de participar de uma franquia que era tão querida para mim e é tão famosa entre os geeks de horror/ficção científica.”

Nimród também falou de suas frustrações com aquela cena controversa do trailer de Predadores, onde Royce aparece com diversas miras de predadores apontando para ele. Ele sabia que a reação dos fãs não seria boa, já que isso não estava no filme.

ANTAL: “Isso foi marketing e fiquei frustrado porque sabia que teríamos uma reação negativa. Eles estavam fazendo algo que os fãs esperariam ver e nós não poderíamos entregar, nunca foi filmado dessa forma. Eu entendo que o marketing tem que vender seu produto e entendo que todo mundo está encarregado de um trabalho, respeito isso. Foi apenas algo como um fã, eu sabia que receberíamos críticas por isso e recebemos.”

Cena falsa no trailer de Predadores
Cena falsa no trailer de Predadores

“Achei que era realmente importante estabelecermos quantos predadores havia. O espectador conhece os três juntos e acho que era importante estabelecer com antecedência quantos haviam para que os espectadores pudessem entender o que seria enfrentado. Um predador era capaz de matar uma unidade do Exército de Elite, então sabíamos que se colocássemos muitos estaríamos fazendo um desserviço ao personagem e ao que o personagem é capaz de fazer.”

“Eu acho que foi um número que considerei inicialmente e definimos logo no início com Robert [Rodriguez] que parecia um bom número. Isso nos deu a oportunidade de mostrar diferentes tipos de predadores e mostrar ao espectador o que estávamos enfrentando.”

HN: Falando sobre o futuro da franquia, onde você gostaria de ver a franquia Predador? Você acha que existem alguma chance de ir para a TV ou streaming?

ANTAL: “Eu acho que o Predador é um daqueles personagens amados que as pessoas assistiam tanto na TV quanto no cinema. As pessoas amam o personagem …e eu acho que ele poderia aparecer em qualquer formato e haveria interesse e amor por ele. Mas para onde vai, não sei.

“Gremlins! Há quanto tempo as pessoas querem ver um [terceiro] filme de Gremlins e por algum motivo não o fazem. Mas ouvi recentemente que eles vão virar desenho animado. Ele sempre encontrará seu caminho de um jeito ou de outro, seja através dos fãs, da Fox ou agora da Disney. Indo para outra rodada no cinema, acho que ainda resta muito a se explorar e que há muitas histórias divertidas para contar.”