Review – Resident Evil: Condenação (2012)

Lançado no dia 27 de outubro de 2012, Resident Evil: Condenação traz novamente o personagem Leon como protagonista em uma continuação de Resident Evil: Degeneração. Ambas as animações são baseadas no jogo Resident Evil, seguindo fielmente a sua história, diferente dos filmes estrelados por Milla Jovovich.

Assim como no filme anterior, a direção ficou por conta de Makoto Kamiya (Gantz) e a produção a cargo de Hiroyuki Kobayashi (Resident Evil: Ressurreição).

Sinopse

O agente especial dos Estados Unidos, Leon S. Kennedy, é retirado repentinamente de suas férias e mandado para um pequeno país do Leste Europeu para verificar rumores de que Armas Bio-Orgânicas (B.O.W.s) estariam sendo utilizadas na guerra.

Assim que chega no local, ele recebe ordens do governo americano para voltar imediatamente, cancelando a missão, mas Leon ignora as ordens de seus superiores e segue em frente em sua batalha contra as tragédias que estão sendo causadas pelo uso das B.O.W.s.

Os protagonistas da animação e seus respectivos dubladores norte-americanos são:

Leon S. Kennedy (Matthew Mercer)

Ada Wong (Courtenay Taylor)

Buddy (Dave Wittenberg)

Svetlana Belikova (Wendee Lee)

JD (Val Tasso)

Ataman (Robin Sachs)

Ingrid Hunnigan (Salli Saffioti)

Trailer

Este filme é mais recomendado para quem conhece os jogos. Algumas coisas ficam bem mais claras ao fazer a associação com fatos dos jogos, mas mesmo quem nunca jogou pode assistir sem problemas.

O terror é praticamente inexistente. O filme possui mais cenas de ação, com direito á coreografias de luta muito bem trabalhadas, apesar da grande quantidade de clichês. Os inimigos são basicamente os Lickers, Majini e os Tyrants, que protagonizam uma das batalhas mais eletrizantes do filme com muitas explosões e Lickers voando para todos os lados. As lutas são longas, mas muito boas e nos deixam realmente na expectativa para saber quem vai ganhar. Apenas alguns erros de continuidade prejudicaram um pouco a emoção.

Veja também  Douglas Rain, a voz de HAL 9000 em 2001 - Uma Odisseia no Espaço, falece aos 90 anos

Um grande destaque de RE: Condenação é a evolução gráfica que ocorreu em relação ao filme anterior. Os cenários, personagens e até mesmo os monstros foram criados com muitos detalhes, fazendo realmente jus à uma animação de Resident Evil. Os modelos dos personagens ficaram bem detalhados, nota-se por Leon que já não lembra mais um boneco como no filme anterior. Houve bastante cuidado tanto nas feições dos personagens quanto em detalhes das suas vestimentas e equipamentos.

A personalidade dos protagonistas ficou bem fiel ao que vemos nos jogos. Suas relações são influenciadas por suas ideias, atitudes e até mesmo pelas circunstâncias. Enquanto assistimos o filme, passamos a gostar ou ter raiva de certos personagens, inclusive, acabamos tendo algumas surpresas.

A dublagem, apesar de algumas vezes não bater com o movimento dos lábios do personagem, ainda assim ficou boa e bastante expressiva. O problema da sincronização acontece porque o idioma original do filme é o japonês e provavelmente a movimentação foi toda feita para bater com as falas em japonês. As músicas e efeitos sonoros se encaixaram muito bem, veja no vídeo abaixo uma das músicas tocadas durante o filme.

O enredo, apesar de superficial, segue de forma rápida e contínua. Com toda a história que Resident Evil já tem, poderiam ter feito um filme com um pouco mais de foco no enredo principal e menos ação.

No final, é notável que a história ainda terá continuação e cenas de Resident Evil 6 vão passando durante os créditos, dando a entender que a história seguirá neste jogo.

Curiosidades sobre Resident Evil Condenação

– Este é o primeiro Resident Evil que não menciona ou faz referência à Umbrella Corporation.

Veja também  5 teorias sobre Pulp Fiction: Tempo de Violência

– Em uma das cenas do início do filme, Leon faz referências a vários personagens de O Mágico de Oz. Os personagens citados por ele são: Dorothy, Espantalho, Homem de Lata e Leão Covarde.

– Esta é a primeira aparição de Ganados e Las Plagas desde Resident Evil 4.